A forma mais rápida, eficaz e econômica de solucionar seus conflitos

Mediação é o método alternativo de resolução de conflitos pelo qual as partes, com a ajuda de um mediador, constroem, com autonomia, a melhor solução para a questão. Na mediação, as partes são livres para decidir e escolher o melhor caminho, visando a autocomposição. O papel do mediador é ser o facilitador desse diálogo. Para tanto, aplicam-se os princípios que regem todo processo de mediação, tais como: a imparcialidade do mediador, a autonomia da vontade, equilíbrio e boa fé das partes, confidencialidade e sigilo.  Normalmente, aplica-se a mediação nos casos em que existe uma relação continuada entre as partes.

Conciliação é o método alternativo de resolução de conflitos pelo qual as partes, com o auxílio de um conciliador, buscam uma forma de autocomposição. Aplicam-se os mesmos princípios da mediação, tais como: a imparcialidade do mediador, a autonomia da vontade, equilíbrio e boa fé das partes, confidencialidade e sigilo. Em geral, a conciliação é usada nos casos onde o conflito entre as partes é pontual, e não existe continuidade da relação.

Negociação é um procedimento dinâmico e simplificado, em que as partes dialogam diretamente. O negociador oferece meios para que as propostas sejam levadas para a parte contrária de forma a negociar o acordo. Cumpre lembrar que a proposta não será puramente individual, ou seja todas as partes envolvidas participam ativamente do processo de negociação, oferecendo e discutindo suas proposta